Tratamento ortodôntico: 5 motivos por que o alinhador invisível é mais econômico que o fixo

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
alinhador invisível smilink

Um sorriso alinhado e perfeito é o sonho de muitos jovens e adultos. No entanto, ao procurar por opções de tratamentos ortodônticos, é comum que surjam dúvidas em relação à eficácia dos tratamentos e, principalmente, a outro fator essencial: o custo. Se tratando de novas tecnologias, como o alinhador invisível, essa dúvida aumenta.

É comum que os pacientes pensem que tratamentos mais estéticos e mais rápidos para corrigir os dentes sejam mais caros do que os aparelhos convencionais de metal. Porém, isso não é verdade! Confira a seguir porque optar por um alinhador invisível é uma ótima opção para seu sorriso e também para o seu bolso.

1.Tratamento Previsível e Acessível

Um tratamento ortodôntico com aparelho fixo pode ser instável e levar anos para ter algum efeito no paciente, o que impacta no custo final.

No entanto, os alinhadores invisíveis têm resultados que podem ser previstos, assim como o valor total do tratamento que é informado no dia do escaneamento evitando que o paciente tenha surpresas desagradáveis, sem resultados mais demorados e gastos além que o esperado. Graças a tecnologia 3D, utilizada no principal exame para que sejam feitos o planejamento e confecção do tratamento.

Em geral, o tratamento com alinhadores invisíveis pode durar de quatro a 12 meses, e o paciente já tem a previsão completa de como será o resultado final, sem precisar prolongar o uso do aparelho. 

2. O Número de Visitas ao Dentista é Menor Usando um Alinhador Invisível

Ao receber as placas invisíveis para iniciar o tratamento, o paciente também vai ser orientado pelo dentista sobre como utilizá-las.

A partir daí, são agendadas apenas visitas pontuais ao consultório, para que o dentista acompanhe o andamento da correção dos dentes. A troca de uma placa para outra é responsabilidade do paciente, o que torna mais prática e menos frequente a rotina de consultas.

Já em um tratamento com um aparelho fixo, as visitas ao consultório são mensais, para manutenção das peças de metal e troca dos elásticos.

3. Sem Peças Quebradas

É comum que durante um tratamento com aparelho fixo alguma das peças de metal se quebre por conta da mastigação de um alimento duro, ou se solte caso as peças percam a cola que ligam o aparelho aos dentes.

Esse problema pode gerar custos extras na consulta de manutenção do aparelho. Porém, não acontece com os alinhadores invisíveis, que são duráveis, resistentes e duram ao longo de todo o tratamento sem danos, já que o paciente deve retirar os alinhadores na hora das refeições.

4. O Alinhador Invisível Tem Melhor Custo Benefício

Ao comparar os preços de um tratamento ortodôntico com aparelho fixo e alinhadores invisíveis, você pode achar, a princípio, a opção dos alinhadores como sendo a mais cara. No entanto, corrigir o sorriso com os alinhadores acaba sendo 30% mais barato do que usar um aparelho fixo.

5. Vantagem Smilink: Clareamento Incluso

Os pacientes Smilink têm ainda mais uma vantagem exclusiva ao adquirir um tratamento com os nossos alinhadores invisíveis: ganhar um tratamento de clareamento após o fim do tratamento com os alinhadores.

Um clareamento adquirido a parte após o uso de um aparelho fixo comum terá um alto impacto no custo, porém com a Smilink você deixa o novo sorriso mais branco sem gastar mais nada.

Além das vantagens econômicas, os alinhadores invisíveis são mais confortáveis e discretos, ideais para quem quer ter um sorriso incrível em pouco tempo. Agende sua pré-avaliação virtual e saiba como a Smilink pode ajudar você a transformar seu sorriso.

VEJA TAMBÉM

tecnologia 3D no tratamento com aparelho invisível

Tecnologia 3D em tratamento ortodôntico

A tecnologia 3D está presente em tudo o que diz respeito ao tratamento ortodôntico com aparelho invisível. Ao escolher esse método, não tenha dúvidas, você está em contato com o que há de mais moderno e tecnológico no mercado da ortodontia hoje. Veja!