Por que o aparelho invisível Smilink não é indicado para mim?

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
dor de dente causada pelo aparelho fixo: como aliviar

Antes de tudo, é importante deixar claro o quanto a Smilink se preocupa com a sua saúde e bem-estar e que, exatamente por isso, sabe reconhecer seus limites técnicos e ser transparente com cada paciente.

Uma orientação clara e objetiva ocorre antes mesmo do início de qualquer passo do tratamento, quando as fotos do seu sorriso são enviadas para o agendamento da videoconferência.

Assim que nossa equipe de dentistas recebe as imagens, todas são cuidadosamente analisadas, identificando as possíveis movimentações dentárias necessárias para a conquista de um sorriso mais harmônico. Neste momento conseguimos identificar se o tratamento com aparelho invisível Smilink é a melhor indicação para o seu tipo de caso.

O diagnóstico é confirmado após o exame de radiografia panorâmica, protocolo fotográfico e escaneamento 3D, realizados em consulta presencial, onde o profissional irá visualizar como estão seus dentes, gengivas e arcadas dentárias para concluir se o tratamento conseguirá proporcionar o resultado desejado e dentro das suas expectativas.

Em Quais Casos o Aparelho Invisível Smilink Não é Indicado?

Analisando as variáveis de cada caso, o dentista consegue informar previamente ao paciente sobre a impossibilidade de movimentações dentárias com o tratamento de aparelho invisível.

Alguns fatores determinam essa conclusão, como a presença de mordida profunda ou cruzada e rotação dentária maior que 30°. Esses são exemplos de alguns casos de maior complexidade e que, seguramente, necessitam de outras técnicas ortodônticas que fogem da premissa dos alinhadores transparentes da Smilink.

Os alinhadores transparentes não são indicados no tratamento de mordida cruzada, mordida profunda, desvio de linha média, prognatismo, retrognatismo, bruxismo e fechamento de espaço devido à perda de elemento dentário.

 Se o Aparelho Invisível Smilink Não é Indicado, Como Alinhar Meus Dentes?

Entendemos o seu descontentamento na possibilidade de precisar optar por outro método de tratamento, mas, se o aparelho invisível da Smilink não é indicado, vamos lhe ajudar a entender qual é a melhor forma para que você conquiste o sorriso dos sonhos.

Em geral, casos que envolvem correção no posicionamento da mordida necessitam de técnicas adotadas por tratamentos conhecidos como “híbridos”. Este tipo de tratamento inicia-se com movimentações mais complexas geralmente feitas por aparelhos fixos e, posteriormente, a finalização do tratamento pode ser feita com alinhadores. Se esse for o seu caso, é indicado consultar um profissional especialista para obter um diagnóstico adequado.

Por exemplo, quando o problema está nos ossos da face ou exige movimento da mandíbula, os alinhadores não são indicados.

Para casos mais complexos, e em qualquer outro que envolva sua saúde bucal, a indicação é sempre consultar com um profissional especialista. Ele que irá solicitar os exames necessários, assim como indicar qual tratamento lhe trará os resultados desejados.

Dito isso, em muitos dos casos mais complexos, o tradicional aparelho fixo pode ser a melhor opção.

Se Não o Aparelho Invisível Smilink, o Aparelho Fixo é Uma Solução?

Sim! Além do aparelho fixo, outros tratamentos ortodônticos que utilizam técnicas diferentes da Smilink tem grande potencial para proporcionar o alinhamento e correção dos dentes nos casos mais complexos. Mas, é indicado consultar um profissional especialista para obter um diagnóstico adequado.

VEJA TAMBÉM