Veja como o inverno afeta sua saúde bucal

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
saúde bucal Smilink

Muitas pessoas tem suas questões com o frio… ou ele gela muito os pés, ou causa desconforto demais na hora do banho, ou os dias ficam feios e sombrios, ou as roupas – que tanto dizem ser elegantes – se resumem a chinelos e meias.

Por outro lado, o friozinho proporciona momentos especiais regados a noites de vinho e fondue e a comida é, sem dúvidas, o ponto alto durante as temperaturas baixas

Deixando de lado a gastronomia, a preguiça, o look do dia e tantos outros pequenos detalhes da rotina com o frio, o que pouca gente sabe é que o inverno também pode causar malefícios quando o assunto é saúde bucal. E, se pouca gente sabe, pouca gente toma os cuidados necessários…

Por Que o Frio Pode Ser Negativo à Saúde Bucal?

Ver as temperaturas despencarem durante o dia mexe não só com o termômetro das ruas e a quantidade de blusas para sair de casa, mas também com a nossa saúde. Inicialmente, falando em saúde bucal, o frio pode causar maior sensibilidade aos dentes, principalmente quando os dias começam quentes e sofrem oscilações bruscas de temperatura.

E, se a sensibilidade dos dentes não é solucionada, isso se transforma em dor de dente. Sim, aquela dor chatinha e insistente, que começa no resfriamento do esmalte dental e de repente alcança a chamada polpa dentária – cheia de terminações nervosas, que resultam em incômodo, principalmente para aqueles que têm o hábito de respirar pela boca.

Outro problema mais frequente nas épocas de frio são as crises de sinusite. A inflamação nos seios maxilares atinge a camada de ossos ligados à arcada dentária e causa incômodo principalmente nas raízes dos dentes molares e pré-molares, afetando mais os dentes superiores com uma espécie de desconforto parecido com a dor de dente.

Além disso, resfriados e gripes têm alta no período, o que colabora muito para a sensação de boca seca e redução de saliva, a chamada xerostomia, que pode causar mau hálito, infecções bucais, doenças gengivais, entre outros.

A ingestão de alimentos e bebidas calóricos e quentes também podem comprometer a saúde bucal. Se por um lado eles são os responsáveis pela sensação de conforto e aconchego, aumentando a temperatura corporal, por outro, podem causar manchas, cáries e até corrosão dos dentes.

 Quais os Cuidados Essenciais?

Confira abaixo uma breve lista com tudo o que você deve fazer para encarar o frio com dentes e boca saudáveis:

A dica começa pelo impacto do calor e corantes aos dentes: vai exagerar um pouquinho no vinho, chocolates e chá preto, por exemplo? Redobre a atenção. Alimentos e bebidas quentinhos podem ser deliciosos, mas também prejudiciais à saúde bucal, penalizando o esmalte dos dentes e até aumentando as chances de surgimento de cáries;

  • Hidrate-se bem e constantemente. Beba água. Algumas pessoas se esquecem da importância de uma boa hidratação durante o inverno, mas esse é um ponto que impacta até na rachadura externa dos lábios; 
  • Capriche na escovação. Dê preferência a escovas de cerdas macias – e trocadas regularmente – e cremes dentais focados em eliminar a sensibilidade dos dentes. Lembre-se: escovação também quer dizer usar o fio dental com atenção, retirando restos de alimento, e limpar a língua cuidadosamente, removendo qualquer camada de muco que possa resultar em mau hálito;
  • Para crises de sinusite ou resfriados e gripes, invista em lavagens nasal, evite ambientes cheios e fechados e não leve às mãos à boca antes de higienizá-las de forma apropriada.

O inverno chegou, seguindo esses passos, sua saúde bucal estará pronta para enfrentar o frio com tranquilidade!

VEJA TAMBÉM