Aparelho ortodôntico invisível: como higienizar

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
aparelho ortodôntico invisível: como higienizar

O sucesso do tratamento ortodôntico com aparelho invisível, chamado alinhador transparente, dependem de alguns fatores, como por exemplo a rotina de limpeza.

Embora os alinhadores sejam trocados a cada duas semanas, é necessário atenção na hora de higienizá-los. Por serem confeccionados com um material transparente, algumas práticas podem riscar, manchar ou até mesmo danificá-los.

Por isso, neste post vamos esclarecer algumas dúvidas que podem surgir na hora de higienizar o alinhador.

Higienização do Aparelho Invisível

  • Lave apenas com aguá corrente: Não é necessário o uso de creme dental mas caso sinta a necessidade você pode usar um sem abrasivos.
  • Use uma escova de dentes com cerdas macias: Indicamos que seja usada a que vem junto no kit mas também pode ser outra de sua preferência, desde que tenha cerdas macias e não seja a mesma que você usa para escovar os dentes no dia a dia.
  • Escove os dentes e lave seus alinhadores antes de recolocá-los: o fato de serem removíveis é, sem dúvidas, uma das melhores vantagens do alinhador, porém, justamente por isso você deve se atentar em sempre escovar os dentes e lavar eles antes de colocá-los novamente. Afinal, não queremos trazer bactérias indesejadas para nossa boca nem acumular sujeira nos dentes, não é mesmo?

Separamos também o que não fazer para limpar o alinhador transparente:

  • Não deixar de molho em enxaguante bucal: Esse produto contém substancias que podem danificar a superfície do alinhador, tornando-o opaco e visível.
  • Não use água quente: Pois isso pode danificar o material do aparelho.

Seguindo essas recomendações você garante que seu aparelho invisível fique sempre limpo e transparente, como ele deve ser.

Além da higienização do aparelho ortodôntico é importante também manter uma rotina de cuidados com a saúde bucal, deste modo, você evita que problemas como cáries e inflamações da gengiva aconteçam durante o seu tratamento.

VEJA TAMBÉM