Dentista responde: posso usar aparelho transparente se tiver dentes do siso?

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Aparelho transparente-alinhador- Smilink.

Dentes do siso. Esse assunto pode causar dores e arrepios em muitos e pode ser traumático para tantos outros. Por mais que a ortodontia tenha avançado e já conte com aparelho transparente – chamado alinhador– e se modernizado nos últimos anos, ainda há muitos casos de pacientes com medo de dentista, que adiam a consulta de rotina e, muitas vezes, são displicentes em relação à procura de ajuda. O que só piora tudo…

O tema muda de ótica quando, além desses dentes estarem ali, crescendo dia após dia, há o desejo de se ter um sorriso perfeito e alinhado. Então… o que fazer?

Segundo a Dra. Thais Sampaio, graduada em Odontologia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP) e Coordenadora Clínica da Smilink, é preciso entender e analisar a arcada dentária de cada paciente.

“O tratamento com alinhadores transparentes pode ser realizado mesmo com a presença dos dentes do siso, o importante é sempre ser avaliado por um profissional para definir o que deve ser feito em cada caso.”

Dito isso, é hora de fazer uma avaliação e encaminhar o paciente para todos os exames necessários, a fim de gerar imagens e diagnósticos suficientes para que o ortodontista responsável tenha mais informações sobre o posicionamento dos sisos e a necessidade ou não de extraí-los antes de iniciar o tratamento.

Uso o aparelho transparente e meus dentes do sisos começaram a nascer. E agora?

Caso seus novos dentinhos não tenham sido vistos a caminho durante os exames iniciais para o tratamento e, então, comecem a dar pinta, uma nova radiografia pode ser solicitada, novamente, para entender como seus novos amigos estão crescendo e optar pela melhor decisão.

Se os dentes do siso estiverem nascendo sem juízo algum, a extração pode ser indicada. Nesse caso, o tratamento com o aparelho transparente precisará de uma pequena pausa para a cirurgia e o pós-operatório.

Mas, pode manter a calma… o período de recuperação costuma durar de 7 a 10 dias, com muito cuidado e seguindo as orientações médicas.

 Afinal, para que servem os dentes do siso?

Alguns têm os quatro dentes do siso bem crescidos e posicionados. Passam a vida com eles, sem interferências, extrações ou incômodos. Outros, azarados, sentem dor e mais dor e passam por cirurgias até que todos se vão e só fica a história para contar. Os sisos também podem comprometer o alinhamento dos dentes, crescer mal posicionados, causar inflamação e mais muitas outras coisas indesejadas.

Resumidamente, esses são os últimos dentes a nascer e, em geral, aparecem dos 16 aos 20 anos – daí a piada com “dente do juízo”, como se junto à idade e responsabilidades, também surgisse um novo dente para chamar de seu.

Estudos revelam que os dentes do siso ou terceiros molares eram importantes na época em que o homem levava uma vida selvagem de sobrevivência. Assim, dentes mais afiados e fortes serviam para cortar alimentos, como animais, e mastigá-los. Hoje, a realidade é outra: comemos muito mais itens processados e cozidos em altas temperaturas, o que reduz a necessidade de longas mastigações, por exemplo.

Após milhares de anos, a evolução humana gera impactos nos sisos. Fala-se, agora, em uma tendência de que as próximas gerações nem sequer os terá. Enquanto isso, as dicas são claras e objetivas:

  • Siga uma rotina de visitas ao dentista. É ele quem examinará a possibilidade de dentes do siso a caminho e solicitará exames para checar; 
  • Como os sisos ficam lá atrás, quase “escondidinhos” na boca, algumas pessoas podem esquecê-los. Mantenha a frequência de escovações e boa higienização, dando ainda mais atenção para os dentes “do fundão”; 
  • Em caso de dor ou incômodo, procure o seu ortodontista; 
  • Caso haja necessidade de extraí-los, respeite as recomendações de repouso e faça todos os passos para a melhor recuperação.

VEJA TAMBÉM

planejamento 3d do tratamento ortodôntico com aparelho invisível

Documentação ortodôntica do aparelho invisível

Iniciar um tratamento ortodôntico pode gerar, em um primeiro momento, algumas desconfianças e inseguranças.
Será que vai demorar muito? Será que os processos burocráticos serão muito enrolados e demandarão uma presença maior?
Talvez, em meio a tantas coisas, um fator fale mais alto durante o processo: afinal, o que é essa tal documentação ortodôntica do aparelho invisível? Esclarecemos tudo para você saber exatamente como é o inicio do tratamento ortodôntico com aparelho invisível com a Smilink, veja!