Acompanhamento do dentista no seu tratamento com aparelho invisível

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Acompanhamento do dentista no tratamento com aparelho invisível

Muitas pessoas têm preguiça de iniciar um tratamento dental. Tempo, dinheiro, mudança na rotina… Muitos são os critérios que podem mudar a decisão do futuro paciente, geralmente, baseados no achismo.

Quando falamos em tratamento com aparelho invisível, praticidade é a primeira palavra a surgir. Todo o caminho de cuidados, desde a primeira avaliação, até o resultado final é tranquilo, sem complicações ou burocracias.

Abaixo, detalhamos o processo fase a fase para uma melhor visualização sobre a rotina com aparelho invisível.

Quais São as Etapas do Tratamento Com Aparelho Invisível?

Primeiramente, você entrará em contato com a Smilink para realizar o agendamento da sua avaliação. Já no primeiro contato, um profissional ortodontista vai entender quais são as suas expectativas e o que te incomoda nos seus dentes.

Após todo processo de diagnóstico, escaneamento 3D e raiox, o ortodontista realizará um planejamento de acordo com os seus ideais e a real possibilidade de progresso pensando na sua saúde bucal.

Com planejamento pronto e contrato de tratamento assinado, as placas alinhadoras são produzidas. Seu material termoplástico possibilita uma maior maleabilidade para orientar os dentes a se encaminharem à posição correta. Tudo isso de uma forma simples e exata: basta encaixar as placas e utilizá-las como recomendado.

O tratamento com aparelho invisível pede, no mínimo, 22 horas de uso diárias, além da necessidade de removê-lo durante as refeições e para ingestão de líquidos que não sejam água.

Fora isso, a rotina de tratamento com aparelho invisível é a mais prática e fácil, além do fator quase imperceptível visualmente: muitas vezes, nem vão notar que você está em tratamento odontológico.

Como Funcionam as Trocas de Placas Alinhadoras Durante o Tratamento Com Aparelho Invisível?

Como todo tratamento, realizar as trocas de placas alinhadoras é super simples: em casa, o próprio paciente substitui as placas antigas pelas novas, uma vez a cada 14 dias, que vêm no kit ortodôntico do paciente e são entregues durante as visitas ao consultório, que ocorrem uma vez a cada dois meses.

“Na Smilink, sempre realizamos consultas de acompanhamento com um dentista a cada dois meses. Ela pode ser presencial, em um dos nossos centros, ou de maneira remota, através de uma videoconferência. Assim, podemos dar todo suporte para nossos pacientes durante a sua jornada”

explica a Dra. Thais Sampaio, Coordenadora Clínica na Smlink. 

Para fazer as trocas, o paciente pode utilizar o mordedor de borracha, indicado para encaixar os alinhadores e o removedor de alinhador, que irá ajudar a desprendê-lo da boca. Ambos vêm junto ao kit do paciente, entregue no início do tratamento.

Adote o método de aparelho invisível e entenda, na prática, o quanto sua vida pode ser tranquila durante um tratamento dental.

Agende a sua pré-avaliação.
Nós esperamos por você!

VEJA TAMBÉM

setembro amarelo

Setembro Amarelo: por que falar sobre esse tema pode salvar vidas?

O Setembro Amarelo tem como objetivo conscientizar a população brasileira a respeito do apoio a pessoas que sofrem de transtornos emocionais, é um assunto de extrema importância e é por isso que, com ajuda da psicóloga Rafaela Gonçalves, falaremos e esclareceremos sobre o tema.